Libertem O Panchen Lama

Em 1995, um jovem rapaz tibetano chamado Gedhun Choekyi Nyima desapareceu depois de ter sido reconhecido como o 11º Panchen Lama do Tibete; ele tinha apenas seis anos de idade e tornou-se o prisioneiro político mais jovem do mundo, mantido em cativeiro pelo governo chinês.

Ele tem agora 30 anos e está desaparecido há quase 25 anos.

Desde o seu rapto e desaparecimento em 1995, o governo chinês rejeitou repetidamente os pedidos para a sua libertação e para a divulgação completa da localização e condição do Panchen Lama.

Aja: Incentive os Líderes do G20 a pedir informações sobre Gedhun Choekyi Nyima e sua libertação imediata.